5.6 Gestão da Tecnologia de Informação e Comunicação

Gestão da Tecnologia de Informação e Comunicação

 

A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) desempenha papel essencial e estratégico no processo de desenvolvimento institucional, sua transversalidade perpassa pelas atividades acadêmicas, de gestão e de governança, consolidando a atuação da Universidade, tanto em sua expressão acadêmica quanto em seus processos de gestão. Quando se discute o papel das TIC na Universidade, é possível verificar o grande leque de opções, desde a redução das distâncias físicas, como promotora da integração com a sociedade e entre os agentes da própria comunidade universitária, produção de informação para o processo de tomada de decisão e ainda como um agente na facilitação do ensino-aprendizagem.

As atividades de TIC devem permear todas as áreas de atuação da UFOB, tanto as atividades acadêmicas, na facilitação do ensino, bem como no espaço da gestão, ampliando o processo de inovação, utilizando-se dos meios tecnológicos disponíveis para alcançar a comunidade universitária da forma abrangente e eficaz, viabilizando a transparência das ações da Universidade.

A divulgação do fazer universitário promove ainda uma relação dialógica com a sociedade, estreitando os laços de conhecimento e atuação, rompendo as possíveis barreiras sociais e culturais, ampliando a visão de que a universidade está disponível e aberta a toda comunidade. A inserção da UFOB na região Oeste da Bahia dinamizou a oferta e o uso da rede internet, não somente pela própria universidade, mas também para as cidades de sua atuação. As TIC têm uma dinâmica especial, e quando atreladas ao fazer acadêmico devem promover processos inovadores associados ao uso de tecnologias avançadas, não somente para as atividades de gestão, mas em especial para as atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão.

A gestão da informação é uma das áreas de importância estratégica para a UFOB, uma vez que integra ações para o dinamismo da gestão conjuntamente com ações que impulsionam os indicadores acadêmicos.

 

 

  

 

Para o desenvolvimento e aprimoramento do uso das TIC na UFOB foi possível identificar nove (9) temas a serem explorados: Governança, Sistema de Informação, Infraestrutura, TIC na Educação, Ambiente Virtual, TI Verde, Redes Metropolitanas e o bloco de gestão de Pessoas e cultura organizacional para o uso as TIC. Foram destacados alguns temas como prioritários: Gestão de Pessoas, sob a ótica da melhor formação dos servidores vinculados às atividades de TIC mas também a oferta de capacitações aos usuários para melhor utilização dos recursos de TIC, passando ainda pela formação dos docentes para o uso das ferramentas de TIC no processo de ensino aprendizagem.

A temática Governança de TIC é priorizada, pois aborda a qualidade de atendimento, elaboração de normas de uso das TIC, aprimoramento ao ambiente para tomada de decisão, e a abrangência desse tema pode ser melhor compreendida a partir do capítulo seguinte, que aborda de maneira mais ampla os processos de governança institucional.

O outro tema priorizado foi Infraestrutura de Software e Hardware, que tem como item prioritário a implantação do Data Center da UFOB, item estratégico para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e pós-graduação, e a melhoria de todos os serviços prestados à comunidade universitária.

 

 

  

 

 

Seguindo o mesmo princípio dos planos associados, que tem por objetivo destacar a importância da ação a ser realizada, abaixo o projeto para a implantação do DataCenter.

 

 

 

Quando o debate se faz sobre a infraestrutura de rede, deve-se verificar ainda a necessidade de agrupamento das ações, apontado sua transversalidade e articulação entre elas, a melhor forma para essa estruturação é pela abordagem de planejamento, via estruturação de outro projeto específico para a melhoria da rede.

 

 

 

O avanço na implantação e desenvolvimento de Sistemas de Informação também figura no rol de iniciativas priorizadas, não somente para os sistemas vinculados ao SIG, mas também em relação a sistemas novos, que podem ser desenvolvidos pela equipe de TIC da Pro reitoria de TIC – Protic, que tem como papel central a gestão da temática para a UFOB.

No processo de discussão sobre a Gestão Acadêmica e suas vertentes, foi identificada a necessidade de aprofundamento no uso das tecnologias para alavancar as atividades de ensino, pesquisa e extensão, assim, a Computação de alto desempenho passou a ser dos temas, agrupados no bloco prioritário de TIC na Educação que merece destaque, devido a necessidade de se alavancar os grupos de pesquisa da UFOB para a atração de novas parceiras interinstitucionais, bem como a atração de profissionais.

O Plano Diretor de TIC - PDTIC[1], é um dos planos associados já em processo de elaboração, neste plano consta o planejamento das ações de TIC da UFOB para os próximos 2 anos, com detalhamento das ações incluindo a sua orçamentação. Esse plano orienta todo processo de compras e contratações de materiais de TIC, sem a previsão da ação no PDTIC, tal bem ou serviço não pode ser realizado pela instituição. Desta forma, compreendemos que o PDTIC é um detalhamento das iniciativas apontadas no PDI, e deve ser reeditado a cada 2 anos.

 

 

Bibliografia

[1] Secretaria de Logística de Tecnologia da Informação (SLTI), pelo Guia de Elaboração do PDTI. 

 

 

 

 

 

 

 

1 Comentário

  • Link do comentário DAVID DUTKIEVICZ Sexta, 20 Setembro 2019 10:50 postado por DAVID DUTKIEVICZ

    No quadro 61, o dado de 2019 pode ser substituído por 100%. Até 10/09/2019 a UFOB abriu mais de 6mil processos, todos digitais.
    No quadro 63, seria interessante definir melhor o que é ser capacitado em TIC. O que está sendo medido neste quadro? Como será aferido essa dado?

    Senti falta de quadro para tratar a renovação do parque tecnológico. Nosso parque hoje é majoritariamente constituído por equipamentos comprados em 2014 e 2015, os itens estão findando as garantias e com configurações de funcionamento já aquém das necessidades atuais. É preciso por à luz a necessidade de renovar os computares, notebooks, servidores de processamento, armazenamento em massa, equipamentos de comunicação, backup e segurança.

    Também é de extrema importância destacar a capacitação de TIC com verba destinada para a capacitação da equipe para servidores com notório conhecimento em áreas críticas de segurança, programação, licitações, infraestrutura e gestão de processos.

    Relatar

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Template by JoomlaShine