5.3 Gestão Organizacional

Gestão Organizacional

Num processo de implantação de universidade sua estrutura de funcionamento e seus marcos regulatórios são ritos da gestão de grande importância, sinalizando como será o desenho institucional e sua forma de interlocução entre as áreas internas, a sociedade e suas deliberações.

Ao final de 2018, a UFOB obteve aprovação de seu Estatuto pelo MEC, viabilizando a estruturação organizacional formal. Além do Estatuto, foram aprovados outros regulamentos internos, com destaque para o Regimento Geral, aprovado pelo Conselho Universitário em dezembro de 2018, regulamentando as estruturas deliberativa e executiva da UFOB, sua organização e o funcionamento de seus órgãos. Desta forma, vale o registro neste Plano de Desenvolvimento Institucional das singulares modificações na estrutura organizacional, pois esta nova configuração deverá ser implementada, testada e avaliada pela comunidade universitária.

No Regimento Geral, como antes referido, são definidos os órgãos deliberativos e os órgãos executivos - elementos estruturantes e itens prementes para uma universidade em implantação e experimentando seus primeiros processos eleitorais de escolha de seus dirigentes. Nesse contexto, é fundamental que a instituição se aproprie de seu espaço de atuação, tendo clareza para encaminhar suas discussões e deliberações.

Na reorganização dos espaços deliberativos a UFOB optou pela unificação dos conselhos superiores (Conselho Superior e Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão), operando com Câmaras Assessoras Permanentes e Comissões, sendo que as Câmaras Assessoras estão assim estruturadas: (i) Câmara de Ensino, Assuntos Estudantis e Ações Afirmativas; (ii) Câmara de Pesquisa, Extensão, Comunicação e Cultura; (iii) Câmara de Gestão Administrativa e Governança e (iv) Câmara de Normas e Recursos.

Esta alternativa resultou na redução da estrutura hierárquica para três níveis de deliberação (Consuni, Conselho Diretor e Colegiado dos Cursos)[1], buscando como resultado maior agilidade dos processos burocráticos. Com esses três níveis hierárquicos pretende-se viabilizar a formação da cultura de responsabilização quanto aos processos decisórios, afinal, cada uma das três instancias terá seus representantes e suas responsabilidades, bem como seu espectro de atuação para a resolução dos problemas. A redução dos níveis hierárquicos nos espaços de deliberação traz para a UFOB uma nova perspectiva de gestão participativa, representativa e democrática. 

A implementação dessa estrutura deliberativa requer a formação dos representantes, instrumentalizando-os para a gestão universitária e para a construção do compromisso com o desenvolvimento institucional. Da mesma maneira, os membros das Câmaras Assessoras Permanentes, organizadas por eixos temáticos, deverão passar por um processo formativo voltado para a representação dos coletivos institucionais. 

O Regimento Geral da UFOB instituiu a Assembleia Universitária, com o papel de apreciar assuntos de alta relevância, bem como a aprovação de moções, recomendações e proposições a serem encaminhadas ao Conselho Superior. Esta instancia deliberativa deverá ainda ser implementada sob a ótica da descoberta da temática a ser tratada, bem como a forma como serão encaminhadas suas decisões, tornando assim, o próximo ciclo da gestão da UFOB repleto de desafios e estruturações organizacionais.

Há ainda o desafio da gestão multicampi, em especial sob o aspecto da estrutura executiva e o processo de tomada de decisão. No regimento geral foram propostas estruturas organizacionais para o campus e os centros, delimitando e declarando as atividades pertinentes. Uma das questões acerca da gestão multicampi é a descentralização da tomada de decisão, para que esta ocorra são necessárias ações que embasem esse processo, não deixando lacunas procedimentais. O processo de planejamento e a gestão de processos, associados ao mapeamento da identidade institucional podem configurar boas iniciativas.

 

 

 

 

 

 Bibliografia:

 [1] Regimento Geral da UFOB, Art.31, pág. 19.

 

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Template by JoomlaShine